Histórico da Videira

Videira – Igreja em Células

1. Nós cremos na inspiração verbal e plena de todo o cânon aceito das escrituras como originalmente dado. As Escrituras são infalíveis, inerrantes e autoridade final para todas as questões de fé e conduta (II Tm. 3:16, I Cor. 2:13)
2. Nós cremos no Deus eterno que a si mesmo se revelou como único Deus existente em três pessoas: Pai, Filho e Espírito Santo, distinguíveis, mas indivisíveis (Mt. 28:19, II Cor 13:14)
3. Nós cremos na criação, teste e queda do homem como relatado em Gênesis; sua total depravação espiritual e incapacidade de alcançar a justiça divina (Rm. 5:12 e 18).
4. Nós cremos no Senhor Jesus Cristo, o Salvador de todo homem, concebido do Espírito Santo, nascido da virgem Maria, verdadeiro Deus e verdadeiro homem (Lucas 1:26-35, João 1:14-18, Isaias 7:14 e 9:6).
5. Nós cremos que Cristo morreu por nossos pecados, foi sepultado e ressuscitou ao terceiro dia, e apareceu pessoalmente a seus discípulos (ICor. 15:1-4, Rm. 4:25)
6. Nós cremos na ascensão física do Senhor Jesus aos céus, sua exaltação e em sua segunda vinda pessoal, literal e em corpo para a sua Igreja (João 14:2,3 e I Ts. 4:13-18).
7. Nós cremos na salvação dos pecadores pela graça de Deus, através do arrependimento e da fé na perfeita e suficiente obra da cruz do Calvário, pela qual nós obtemos a remissão dos pecados (Ef. 2:8-9, Hb. 9:12 e 22 e Rm 5:11)
8. Nós cremos na necessidade do batismo nas águas por imersão no nome do Deus triúno: Pai, Filho e Espírito Santo para cumprir o mandamento do Senhor Jesus Cristo (Mt. 28:19, At. 2:34-36, 19:1-6)
9. Nós cremos no batismo no Espírito Santo como uma experiência real e subseqüente à salvação, com a evidência bíblica do falar em outras línguas como o Espírito nos concede (At. 2:1-4, 8:14-17, 10:44-46, Gl. 3:14-15)
10. Nós cremos na operação dos dons do Espírito Santo como enumerados em I Coríntios 12-14 como manifestado na igreja primitiva.
11. Nós cremos em uma vida cheia do Espírito, uma vida de separação do mundo em perfeita santidade no temor de Deus, como expressão da verdadeira fé cristã (Ef. 5:18, II Cor. 6:14, 7:1)
12. Nós cremos na cura do corpo pelo poder de Deus, ou cura divina em seus variados aspectos como praticada na igreja primitiva (At. 4:30, Rm 8:11, I Cor. 12:9, Tg. 5:14)
13. Nós cremos na mesa do Senhor para os crentes, comumente chamada de santa ceia ou comunhão do Senhor (I Cor. 11:28-32, Mt. 26:26-28)
14. Nós cremos na realidade e personalidade do Diabo e no julgamento eterno do lago de fogo preparado para o Diabo e seus anjos (Mt. 25:41, Ap. 20:14-15)
15. Nós cremos na vida eterna dos crentes e na punição eterna para os incrédulos (Jo. 5:24, 3:16, Mc. 9:43-48, II Ts.1:9, Ap. 20:10-15)
16. Nós cremos que há uma igreja universal, composta de crentes genuínos, mas que esta igreja universal é composta de muitas igrejas locais. Estas igrejas estão debaixo da liderança do Senhor Jesus Cristo exercendo governo autônomo debaixo dele, administrando todas as atividades locais bem como a propagação do evangelho. (At. 15:22, com Mt. 16:18 e 18:15-20).

historico01

Bases históricas da nossa fé

1. A Videira como Igreja Apostólica
Em meados do primeiro século (140 a. c.) os pais da Igreja reunidos em concílio decidiram elaborar um credo que traduzisse a doutrina Apostólica. Não tinha o objetivo de substituir as escrituras, mas reafirmá-la. Era uma defesa contra as heresias e os ataques à fé apostólica.
Trata-se de uma formulação simples e constitui-se de uma enumeração de verdades da Palavra de Deus, que os Apóstolos sustentaram e a igreja tem guardado através dos séculos
O credo diz:
Creio em Deus Pai, Todo-poderoso, criador do céu e da terra; em Jesus Cristo, seu Filho Unigênito, Senhor nosso, que foi concebido pelo Espírito Santo; nasceu da virgem Maria; padeceu sob Pôncio Pilatos; foi crucificado; morto e sepultado; ressuscitou ao terceiro dia, subiu ao céu e está sentado à direita de Deus Pai, Todo-poderoso, de onde virá para julgar os vivos e os mortos. Creio no Espírito Santo, na santa Igreja Universal de Cristo, na comunhão dos santos; na remissão dos pecados; na ressurreição dos mortos e na vida eterna. Amém.
Naturalmente, a Bíblia é a nossa única regra de fé, mas nos declaramos apostólicos porque endossamos todas as afirmações feitas pelo credo apostólico do segundo século da nossa Era.

2. A Videira como Igreja Reformada
A Reforma foi um movimento do século XVI dirigido por Martinho Lutero com a finalidade de realizar uma reforma dentro da Igreja Católica. Aqueles que aderiram a este movimento foram chamados de protestantes. Os princípios básicos deste protesto foram: a justificação pela fé; o sacerdócio de todos os crentes,o direito de livre busca da verdade e a autoridade da Bíblia.
Se uma igreja reformada é caracterizada por esses princípios; então a Videira é uma igreja também reformada. Cremos em todos os pontos da manifestação da Reforma Protestante como era na sua origem.

3. A Videira como Igreja Fundamentalista
O movimento fundamentalista foi uma reação no final do século passado ao liberalismo cristão. O termo fundamentalista é muito amplo e precisamos defini-lo com relação à Videira. Segundo a enciclopédia América será considerado fundamentalista aquele que:

Crê na infabilidade da Bíblia;
Reconhece o nascimento virginal e a morte real de Cristo;
Crê no sacrifício expiatório de sua morte pelos pecados do mundo;
Crê na ressurreição do corpo e
Na segunda vinda corporal de Jesus à terra.
Até ao ponto destas afirmações a Videira é uma igreja fundamentalista e adere incondicionalmente a estas doutrinas.
4. A Videira como Igreja Pentecostal
O movimento pentecostal surgiu no início deste século como uma reação à ortodoxia fria das igrejas reformadas. Eles foram chamados pentecostais porque criam na contemporaneidade dos dons do Espírito Santo como relatado no livro de Atos, por ocasião de Pentecostes. As igrejas pentecostais crêem que:

O batismo no Espírito Santo é uma experiência distinta e subseqüente à salvação.
A evidência do batismo no Espírito Santo é o falar em outras línguas.
Todos os dons do Espírito enumerados em I Coríntios são para a Igreja hoje.
A cura divina é prevista para todos pela expiação.
Até ao ponto das afirmações feitas acima, podemos dizer que somos uma igreja pentecostal porque cremos sem reservas em todos os enunciados.

5. A Videira como igreja evangélica
Naturalmente não podemos elaborar semelhanças entre a Videira e todas as denominações evangélicas da atualidade.Cremos que Deus nos tem dado um vinho novo que tem requerido a elaboração de um odre igualmente novo para conter o mover do Espírito para os nossos dias. Existem diferenças de fé e prática que exigem uma organização separada. Queremos poder oferecer uma contribuição ao corpo de Cristo em nosso tempo.
Nossa principal identidade é a visão e a prática das células como meio de edificação da Igreja local e a visão de que o crente deve ser um vencedor em sua geração para poder participar da herança do reino milenar de Cristo.

historico02

Bases da Fé

1. Com respeito à Bíblia
A Bíblia é a Palavra de Deus. Nós cremos que a Bíblia; palavra por palavra, é divinamente inspirada por Deus como o Seu sopro, inerrante e infalível, sendo autoridade final e máxima em todas as questões de fé e conduta. Nossa regra de fé e prática diária.
2. Com respeito a Deus
Todos temos de crer que, de acordo com a revelação divina da Palavra Santa, nosso Deus é unicamente um. Nós temos somente um único Deus, que é Triúno. Ainda assim, somos incapazes de Defini-lo totalmente porque o nosso raciocínio é muito limitado.
3. Com respeito a Cristo
Cristo era o próprio Deus na eternidade e tornou-Se um homem no tempo Sua deidade é completa e Sua humanidade é Perfeita. Assim, Ele é ambos: Deus e Homem, possuindo tanto a divindade quanto a humanidade.
Como um homem, Ele foi ungido por Deus com o Espírito para levar a cabo o propósito eterno de Deus. Por isso, Ele é o Cristo, o Ungido.
4. Com respeito ao Espírito Santo
Cremos em Deus Espírito Santo, da mesma essência do Pai e do Filho, santificador, consolador das nossas vidas, que inspira e outorga poder à Igreja, preparando-a e adestrando-a para ser a esposa do Filho de Deus. Nós cremos no batismo no Espírito Santo como uma experiência real e subseqüente a salvação, com a evidência bíblica do falar em outras línguas como o Espírito nos concede.
Nós cremos na operação dos dons do Espírito Santo como enumerados em I Coríntios 12-14 como manifestado na igreja primitiva.
5. Com respeito à Obra de Cristo
Cristo, primeiro, tornou?Se um homem na encarnação e morreu na cruz para a nossa redenção. Depois, Ele ressuscitou dos mortos para a nossa regeneração ascendeu aos céus para ser o Senhor de todos e voltará como o Noivo para a igreja (Jo 3 29 Ap 19 ?7) e Rei dos reis para todas as nações. Estes são os principais aspectos da obra de Cristo. Estes aspectos incluem Sua encarnação, Sua crucificação, Sua ressurreição, Sua ascensão e Sua volta.
6. Com respeito à nossa Salvação
Um pecador deve se arrepender para com Deus e crer em Cristo para o perdão dos pecados, para a redenção, justificação e regeneração, a fim de que possa ter vida eterna e torne-se um filho de Deus e um membro de Cristo Esta é a nossa salvação por Deus, através da fé.
7. Com respeito à Igreja
A igreja, composta de todos os crentes genuínos em Cristo, é universalmente uma, mas composta de muitas igrejas locais, como a expressão do Corpo de Cristo.

historico03